I Fórum Circular | 27 a 30 de Setembro
107
home,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,page,page-id-107,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-theme-ver-16.7,qode-theme-bridge,disabled_footer_bottom,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

Faça a sua inscrição

O número máximo de inscrições foi atingido.

Programação

Manhã

09h00– 12h00

Inscrições

Recebimento de material

9h00 – 12h00

Apresentação das diretrizes de preservação para as áreas tombadas do centro histórico de Belém – CHB

12h00-14h00

Intervalo almoço

Tarde

14h00 – 17h00

Grupos de trabalho

Discussão e proposições de diretrizes de preservação para as áreas tombadas do CHB

19h00

Abertura do Fórum Circular

Apresentação do Quarteto de cordas da Escola de Música da UFPA – EMUFPA

Coordenação Prof. Cristian Brandão

Celso Gomes, Josiely Brito, Rodrigo Santana, Cristian Brandão

Abertura oficial do evento

Apresentação de filme 10’

Palestra

Experiência Circular

– Makiko Akao – idealizadora do Projeto Circular, Kamara Kó Fotografias.

20h30

Colocação pelo Reitor Emmanuel Zagury Tourinho, acompanhado por Tamara Saré e Makikó Akao, da flâmula do Circular na fachada do Mercedários, simbolizando a adesão da UFPA como parceira do projeto.

Apresentação do Quarteto de Saxofones da EMUFPA

Coordenação Prof. Marcus Cardoso

Max Ribeiro – sax alto, Raíza Rocha – sax barítono, Jorge Freitas – sax barítono, Marcos Cardoso – sax soprano

Manhã

9h00 -10h30

Mesa 1 – Cidade, patrimônio e participação social (45” por palestrante)

O patrimônio cultural frente às grandes intervenções urbanas e as parcerias público-privadas – – Profa. Dra. Márcia Sant’Anna – Arquiteta e Urbanista, FAU/ UFBA

Patrimônio cultural, planejamento urbano e participação social

– Profa. Dra. Natália Miranda Viera – Arquiteta e urbanista, FAU/ UFPE

Mediação: Profa. Msc Alice Rosas – Arquiteta e Urbanista, UNAMA/Grupo SER Educacional

Debatedores: Profa. Dra. Roseane Norat – Arquiteta Urbanista, Lacore -UFPA

Prof. Msc. Michel Pinho – Historiador e fotógrafo, Fotoativa

10h30 – 11h00 Debate

11h00- 12h00

Mesa 2 – Potencialização do capital humano e produção de conhecimento sobre o centro histórico.

O Coletivo Aparelho

Profa. Msc. Josianne Dias – Terapeuta Ocupacional, atriz, UEPA

A atuação do Fórum Landi no centro histórico de Belém

– Prof. Esp. Flávio Nassar – Arquiteto, Fórum Landi, FAU/ UFPA

Mediação: Msc. Jorane Castro – doutoranda, diretora, roteirista e produtora, ICA/UFPA

Debatedores: Lucas Nassar – Arquiteto e urbanista, Laboratório da Cidade

Prof. Abel Lins – Professor e tradutor, Rede da Sereia

12h00 – 12h30

Debate

12h30 -14h00

Intervalo almoço

Tarde

14h00 – 15h30

Mesa 3 – Propostas e projetos com impacto na área do CHB

Projeto Porto Futuro

– Dina Elarrat – Secretária Nacional de Portos/MINTER

– Danielle Abreu – Arquiteta e urbanista, Companhia das Docas do Pará

Projeto Desenvolve Belém – Centro Vivo

João Cláudio Klautau – Administrador de empresas, Presidente da CODEM

Mediação: Profa. Msc. Taynara do Vale Gomes – FACI Wyden

Debatedores: Profa. Dra. Roberta Rodrigues – Arquiteta e urbanista, FAU/UFPA)

Profa. Dra. Natália Miranda Vieira – Arquiteta e urbanista, FAU/UFPE

15h30 – 15h45

Intervalo café

15h45 – 16h15

Debate

16h15 -17h15

Palestra

“Patrimônio vivo: projeto, reuso e participação social”

Prof. Dr. Nivaldo Andrade- Arquiteto e urbanista, UFBA, IAB

Mediação: Cyro Almeida – Antropólogo, Superintendente IPHAN-PA

Debatedores: Profa. Dra. Helena Tourinho – Arquiteta e urbanista, Unama – Grupo SER Educacional

Zê Charone – Atriz e produtora, Grupo Cuíra de Teatro

17h15 -17h45

Debate

17h45 – 18h30

Grupos de trabalho

GT 1: Projeto Circular

Coordenação: Miguel Chikaoka- Educador e fotógrafo, Associação Fotoativa/ Kamara Ko Fotografias

GT2: Projeto Porto Futuro

Coordenação: Profa Phd. Roberta Rodrigues – Arquiteta e urbanista, FAU/UFPA

GT3: Projeto Desenvolve Belém – Centro Vivo

Coordenação: Profa. Phd. Goretti Tavares – Projeto Geo Turistico, Faculdade de Geografia /UFPA,

18h30 – 19h15

Plenária

19h15 – 20h00

Sistematização e organização dos resultados, em relatório, por tema.

Manhã

09h00 – 10h00

Palestra

Campus Mercedários da UFPA

– Roseane Norat – Coordenadora de Extensão – Lacore/FAU/UFPA

– Profa. Dra. Thais Sanjad – Coordenadora de Pesquisa – Lacore/FAU/UFPA

– Flávia Palácios – Coordenadora de Ensino – Lacore/FAU/UFPA

Mediação: Akel Fares – Arquiteto e Urbanista- CODEM, presidente CAU-PA

Debatedores: Prof. Dr. Mariano Klautau – Artes visuais, Unama /SER Educacional

Miguel Chikaoka – Fotógrafo e educador,Associação Fotoativa, Kâmara Kó

10h00 – 11h30

Mesa 4 – Experiências de parcerias para a reabilitação de áreas protegidas e desenvolvimento local.

Porto Digital

– Leonardo Guimarães – Arquiteto urbanista, Diretor executivo do Porto Digital

O caso de Penedo, a experiência do IPHAN AL

– Mário Aloísio Melo – Arquiteto e Urbanista, Superintendente IPHAN-AL

Mediação: Prof. Msc. Paulo Ribeiro- Arquiteto e urbanista, FAU UFPA/ FACI

Debatedores: Dr. Cristiano Borba – Arquiteto e urbanista, Fundação Joaquim Nabuco, Direitos Urbanos PE

                          Prof.MSC. Maria Cláudia Bentes Albuquerque, Advogada, professora, Presidente da Comissão de Direito Urbanístico e Planejamento Urbano da OAB-PA/, Comissão de Direito Urbanístico/ OAB

11h30 -12h00

Debates

12h00 – 14h00

Intervalo almoço

Tarde

14h00- 15h20

Sábado – 29/09/2018

Tarde

14h00-15h20

Mesa 5

Possibilidades de desenvolvimento socioeconômico 

– Antônia Ferreira – diretora Presidente eResponsável elo Núcleo de Ações Educacioanis Museu da Favela – RJ.

– Filipa Bolotinha – Economista, gestora de projetos e coordenadora geral da Associação Renovar a Mouraria (Lisboa-PO).

– Goretti Tavares – Profa. Phd. Faculdade de Geografia/UFPA, Roteiro Geoturístico

– Lorena da Rocha Martins – economista, Coordenador de Microcrédito do Banco da Amazônia.

Mediação: Prof. Phd. Sílvio Lima Figueiredo – Turismólogo, NAEA/UFPA

Debatedores: Prof. Phd. Fábio Castro – Comunicação, Facom/ UFPA

Prof. Dr. Valcir Bispo dos Santos – Economista, FACECON UFPA

15h20-16h00

Debates

16h00 -16h15

Intervalo café

16h15 – 17h00

Grupos de Trabalho

GT4Possibilidades de desenvolvimento local.

Coordenação: Prof. Dr. Valcir Bispo – Economista, FACECON UFPA

17h45 – 18h45

Plenária

18h45-20h00

Apresentação Cultural

18h45 -19h30

Sistematização e organização dos resultados em relatório

Manhã

09h30 – 11h00

Mesa 6 – Experiências de organização e participação social com atuação na defesa de interesses locais frente a projetos urbanos e turísticos.

Associação Renovar a Mouraria

– Filipa Bolotinha – Economista, gestora de projetos, coordenadora geral/Renovar a Mouraria (Lisboa-PO)

Direitos Urbanos – Recife/Pe

– Dr. Cristiano Borba – Arquiteto e urbanista, Direitos Urbanos, FUNDAJ PE

Mediação: Armando Sobral – Artista visual/Arte educador

Debatedores: Dr. Milton Kanashiro – Embrapa/Rede Circular

Profa. Nádia Cortez Brasil – Apbel

11h00 – 11h30

Debates

11h30 -11h45

Intervalo café

11h45 -12h30

Grupos de Trabalho

GT5 Ações emergenciais para o CHB

Coordenação: Ivan Costa (Observatório Social)

GT6- Indicativos para um plano de recuperação e requalificação do CHB.

Coordenação: Prof. Msc. Michel Pinho (Historiador e fotógrafo/Fotoativa)

GT7 – Organização Social

Coordenação: Joana D’Arc Ferreira (Associação dos Moradores Bairro da Campina)

12h30 – 13h30

Plenária

13h30 – 14h30

Sistematização e organização dos resultados em relatório, por tema e consolidação do documento final.

16h00

Encerramento do Fórum

Com agradecimentos e entrega de cópias do documento final às autoridades presentes.

Expandir objetivos e perspectivas

O 1º Fórum Circular se apresenta como espaço de discussão e proposições para o centro histórico de Belém, área de atuação do Circular Campina Cidade Velha. A partir de mesas, debates e palestras, além de grupos de trabalho, serão produzidos indicativos que gerem novas diretrizes ao futuro do projeto e também possam nortear políticas públicas para um centro histórico viável para todos.

Os resultados do 1º Fórum Circular, produzidos em grupos de trabalho, serão sistematizados em relatório e amplamente divulgados na imprensa e mídias sociais e entregues/encaminhados às autoridades. O objetivo é que as propostas emergenciais para viabilizar melhorias na área sejam incorporadas a um plano de requalificação do centro histórico de Belém, a ser viabilizado pela gestão pública (União, Estado, Município), na expectativa que estas venham constituir políticas de Estado, integrar a legislação (PDU) e o planejamento governamental.